sábado, 21 de junho de 2008

OBRIGADO PHILIP!


Olá Philip! Estou escrevendo para te agradecer. Sim, gostaria de te agradecer por tudo o que tem feito por mim, mesmo estando tão longe e mesmo sem nos conhecermos pessoalmente. Suas palavras são uma grande força para a minha vida, e admiro sua coragem e desprendimento em colocar no papel tudo aquilo que sabemos ser verdade, mas acabamos sufocando. Obrigado por ser um instrumento de Deus para abençoar a minha vida, e a de muitos outros também! Obrigado, pois com você tomei coragem para fazer esse blog, e aprendi que devemos colocar no papel aquilo que cremos e sentimos. Com você entendi que a censura pode vir de muitas formas, mas será muito difícil alguém calar a nossa escrita! Obrigado por sua honestidade e sinceridade. Com você tive coragem de assumir mais os meus erros, e hoje tenho uma relação de mais sinceridade e transparência com Deus, meu Pai!! Obrigado porque depois de conhecer seus escritos, deixei de me sentir o mais miserável dos seres humanos por não conseguir atingir a perfeição que meus semelhantes esperam de mim. Hoje entendo que se todos nós fôssemos mais sinceros, a vida cristã seria mais fácil de ser vivida, e a Igreja seria um lugar onde verdadeiramente teríamos cura e libertação, ao invés de neuras e culpas.

Valeu Philip!


Obrigado Deus, por continuar usando pessoas de carne e osso e imperfeitas para fazer a tua luz brilhar nesse mundo!


(É claro que Philip Yancey não irá ler essas palavras! Mas se você o encontrar, diga a ele que eu lhe escrevi... e peça para dar uma passada aqui no meu blog!)


Ah, antes que eu me esqueça: se puder, leia o livro Alma Sobrevivente – Sou Cristão, Apesar da Igreja, de Philip Yancey, é claro...

Um comentário:

Wilian disse...

opa, tenho meu dedo de incentivo ai tbem!! é isso aí! agora é escrever!