segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Obama, Rick Warren e o cigarro


O presidente eleito Barack Obama tem um tremendo senso de estilo. Vem de berço: basta conferir na foto acima, quando o projeto político era apenas um brilho nos seus olhos, algo embaçados pelo fumacê. Ele tinha 19 anos, uma colega de faculdade em Los Angeles identificou o charme natural do rapazola e pediu que posasse. A fotógrafa amadora, Lisa Jack, só foi checar os negativos muitos anos depois. Na semana passada, a revista Time publicou a série de fotos, da qual a mais cativante é a com chapéu panamá e um jeito de pegar o cigarro que... bem, anos 80, certo? O gosto impecável de Obama só vira duvidoso em matéria de aconselhamento espiritual. O pastor da igreja que freqüentava em Chicago, Jeremiah Wright, foi filmado em infame invectiva na qual culpava os americanos brancos por todos os males do universo, inclusive o 11 de Setembro.

Agora, Obama escolheu para fazer um sermão na cerimônia de posse, em 20 de janeiro, outro pastor do barulho, Rick Warren. Ele não apenas é contra o casamento de homossexuais – pastor evangélico, podia ser diferente? –, como fala horrores dos gays. O pessoal que esperava um tipo de governo revolucionário e ainda estava deglutindo os nomes mais conservadores do futuro ministério engasgou com o pastor Warren. Em vez de mudança na qual se pode acreditar, como dizia o slogan vitorioso, não estão acreditando na mudança de Obama. E nem adianta repetir um dos mandamentos do folclore político americano: durante a campanha, você apunhala os inimigos; na transição, os amigos. Do lado socialmente correto, anote-se que Obama passou os últimos meses mascando chicletes de nicotina e conseguiu não só ser eleito presidente dos Estados Unidos como, muito mais difícil, parar de fumar. Ou quase.

Vilma Gryzinski, Revista Veja 22/12/2008

Um comentário:

Elaine disse...

Olá Maurício!
Aqui é a Elaine de Itapetininga!!!
Tenho acompanhado seu blog, e está muuuito bom!
Mas sinceramente, o que será que está passano na cabeça do Obama levando o Rick até lá? Será uma mudança real, ou politicagem?
espero que Deus olhe e se compadeça da América...ou melhor, que a América olhe pra cima e se lembre Daquele que verdadeiramente tem todo o poder!
Me conta aí qual sua impressão?!

Abraços!