sábado, 6 de dezembro de 2008

Sal fora do saleiro


Tenho percebido algo ultimamente. Deus ama os que estão "fora da Igreja" tanto quanto ama os que estão dentro, ou até mais! É por isso que Ele é o "Rei de toda a Terra", e não somente dos templos, ou da Sua Igreja.


Tenho pensado que Deus olha para todos de uma maneira amável, com olhar de Pai. Os que estão dentro Lhe dão alegria (ou deveriam dar), e os que estão fora Lhe causam preocupação. Mas creio que o Seu desejo é ver todos reunidos em torno da mesa para o jantar. Alguns já chegaram (os que estão dentro), outros estão chegando. Ma os mais esperados são os que ainda estão fora! Qual a diferença entre quem está na Igreja e quem está fora dela? Ser ou estar? Creio que não. A maior diferença reside no coração, entre pertencer ou não a Deus.


Se pedirmos prá Deus nos mostrar o desejo do Seu coração, fatalmente Ele nos conduzirá para fora do templo. Sim, porque lá fora é que as coisas acontecem, e as pessoas que mais precisam do médico estão. Lá fora estão os milhões que precisam ser conectados a essa fonte maior do Amor e Vida, e nós somos esse "link". Essa é a nossa grande obra, atrair as pessoas não para a nossa denominação, mas para que sejam discípulos de Cristo.


Que tal aproveitarmos essa época do Natal em que os corações parecem estar mais moles, e fazermos um esforço concentrado prá cumprir essa grande tarefa? Anunciar, ensinar, amar. Moldar, ser referência. Revolucionar em amor. Ser sal fora do saleiro (como já disse o Caio Fábio...)


Mauricio "tentando buscar os perdidos" Boehme


Nenhum comentário: