sábado, 7 de agosto de 2010

Concorrência Desleal


Hoje vi uma cena incrível, se não fosse triste. Numa das principais avenidas de Bauru, região nobre da cidade, lá estava eu num mini-engarrafamento por conta do grande movimento que antecede o dia dos pais. O trânsito fluia lento, e quando o semáforo fica vermelho uma turma de adolescentes bem criados e de classe social alta colocam uma faixa pedindo doações em prol dos animais desamparados. As meninas saem com uma caixinha pedindo doações, e os motoristas prontamente as atendiam.

Bem perto da faixa de pedestres, vejo umas outras crianças, essas sim as verdadeiras donas do local. Eram crianças sujas, mal vestidas, pedintes. Dessas que fazem do farol o seu meio de vida. O que mais me impressionou foi ver uma criança pequena sentada no canteiro central com um ar de total desolação. Com toda a certeza ela estava contrariada pois as outras "crianças", as mais saudáveis e engajadas, estavam atraindo toda a atenção e todas as doações também!

Mas o pior de tudo é que as pessoas preferem dar dinheiro pros animais do que para as pessoas.

Mauricio "não ajudei porque não tinha moeda"Boehme.

Nenhum comentário: