terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Você espera ou faz acontecer?

Passei os últimos quatro dias num retiro espiritual da minha Igreja, a Vineyard Piratininga. Foram momentos maravilhosos de comunhão, louvor, lazer, bate papo e tantas outras coisas boas. Um dos momentos mais legais foi contar com a presença do amigo Gedeon nos trazendo a Palavra de Deus. Simples, preciso, contextual e ao mesmo tempo profundo e bíblico, numa de suas palestras o Gedeon falou sobre Atos 2 e aquela experiência da descida do Espírito Santo sobre aquelas 120 pessoas. É sobre isso que quero repartir algo com vocês.

Os cristãos em geral quase que "idolatram" aquela experiencia da descida do Espírito. Tanto que ela ficou conhecida como sendo nome de uma vertente das igrejas evangélicas, os "pentecostais". Muitos pensam que o auge da vida cristã é reproduzir a experiência vivida no cenáculo. Mas não é nada disso.

Tudo na vida tem um propósito. A descida do Espírito Santo sobre aquelas 120 pessoas teve como objetivo não a experiência em si mesma, mas algo maior. Os cristãos foram cheios do Espírito com a finalidade de proclamarem a mensagem do Reino. O fato deles falarem em outras línguas acentua essa "urgência" da proclamação do Reino de Deus. Aquelas cento e vinte pessoas saíram pelas ruas de Jerusalém falando não em línguas "espirituais", ou "dos anjos", ou "desconhecidas"; mas pelo contrário, saíram falando os idiomas das pessoas que passavam pela cidade naquele instante. Tanto que havia pessoas de todas as nações do mundo, e cada um ouvia aqueles 120 discípulos falarem das grandezas de Deus em sua própria língua materna. Não é á toa que o símbolo visível desse acontecimento foram "línguas"... Foi para que eles saíssem e falassem!

Mas o principal estava por vir. Depois de anunciada a mensagem do Reino, quase três mil pessoas se conscientizam da Verdade e abraçam a fé cristã. Dali surge uma nova comunidade, a comunidade CRISTÃ! A partir de agora tudo será diferente. As pessoas se reunirão de casa em casa, venderão suas posses para socorrer os necessitados, se auxiliarão nas orações e na amizade. Agora tudo será diferente, vida nova, novo Senhor! E esse Senhor vai acrescentando dia a dia novas pessoas, sem esforços, sem lançamento de CD´s, sem programa de Tv, sem campanhas evangelísticas nem distribuição de folhetos.

Agora chego no que eu queria dizer desde o começo. A experiência do Pentecostes não se repete. Ela acontece com um fim maior. Mas o estilo de vida da nova comunidade, esse sim, pode ser reproduzido diariamente, em qualquer época, em todas as partes do mundo, por qualquer pessoa. Não espere um pentecostes acontecer todos os dias, mas tente reproduzir uma vida de comunhão e amor, e aí sim as coisas acontecerão. Não espere um novo pentecostes. Faça a vida cristã acontecer na sua vida, todos dos dias!

E aí, você espera ou faz acontecer?

Mauricio "quero fazer acontecer" Boehme